Menos para mim, mais para os outros

Está chegando natal, fim de ano, celebrações, festas, alegria e júbilo. Casas cheias, amigos, familiares e passeios. Lindas lojas, vitrines bem arrumadas e um convite às compras. Esta é a face que o mundo dá ao natal, mas natal bíblico não é isto. Natal é presente de Deus para nós. Deus não nos deixou na sombra da morte, mas enviou Luz sobre quem estava perdido. Jesus nasceu, louvado seja o nome do Senhor!

Além de nos salvar e constituir para ele um povo, Deus nos deu Jesus, para que nós, que o recebemos, possamos levar outros a terem este encontro maravilhoso. Natal é compartilhar. Compartilhar Jesus. Compartilhar com quem sofre, com quem chora, com quem não tem teto, com quem não tem o que comer, com crianças que vivem no medo e angústia. Natal só é real quando Cristo, que é o verdadeiro presente, é levado a quem não o conhece.

Meu desafio a você, é que nos esforcemos, para tanto quanto possível fazer dar a deste natal um significado, mais próximo do que a palavra de Deus nos ensina. Veja uma forma de levar Jesus a alguém. Ame com mais liberalidade, sirva com mais intensidade, ajude com mais disposição, estenda mais a mão, saia da sua zona de conforto, tire um pouquinho do seu dinheiro e dê algo a quem não tem, a alguém que você não conhece, que não vai te retribuir. Neste natal seja mais altruísta. Porque na verdade altruismo deve ser a maior virtude de um verdadeiro filho de Deus.